sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Direto do Blog do Dércio

EQUIPE DE UM HOMEM SÓ: Ricardo Coutinho desmente e desmoraliza auxiliares via Twitter


Há, como em nenhum outro início de governo houve, um desencontro entre o que os auxiliares dizem a imprensa e o que o governador tuita com interlocutores que o abordam no microblog

Exemplo disso foi o conflito de informações oficiais para uma pergunta básica: quando começa o pagamento da folha?

Pagar salário em dia não é mérito de gestor em lugar nenhum do mundo, mas obrigação básica.

O secretário de Administração, Gilberto Carneiro, um baiano lá de Jacobina, concedeu entrevista informando que pagaria dentro do mês trabalhado, como de práxis.

Pela obviedade ululante a noticia ocupou pouco espaço até no noticiário simpático aos girassóis, mas eis que o próprio Ricardo Coutinho no conforto da Granja Santana troca informações de 144 caracteres com um followier do twitter e aproveita para comunicar a toda Paraíba que a folha vai atrasar.

Ele disse que pagará até o quinto dia do mês seguinte e não até o último dia dentro do mês trabalhado como fazia o antecessor José Maranhão.

Entretanto, o mais patético ruído da comunicação desta gestão aconteceu hoje quando Ricardo Coutinho desmentiu um release da Secom acerca da reforma da rodoviária.

Esqueçam emissoras de rádio, TVs, jornais impressos, revistas, site e blogs quando quiserem uma informação oficial.

Lembre-se que nesta gestão a palavra de nenhum secretário tem valor. Só a do governador e via twitter.
CONTINUE LENDO ►

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Um versinho de fim de tarde do Poeta João do Vale

Minha história (João do Vale)




Seu moço quer saber
Eu vou contar num baião
Minha história pro senhor
Seu moço preste atenção

Eu vendia pirulito
Arroz dooce e mugunzá
Equanto eu ia vender doces
Os meus colegas iam estudar
A minha mãe tão pobrezinha
Não podia me educar

E quando era de noitinha
Que a meninada ia brincar
Vige como eu tinha inveja
De ver zezin contar
O professor raiô comigo
Porque eu num quis estudar

Hoje todos são doutores
Eu continuo joão ninguém
Pois quem nasce pra pataca
Nunca pode ser vintém
Ver meus amigos doutores
Basta pra eu me sentir bem

E todos eles quando escutam
Um baiaozinho que eu fiz
Ficam todos satisfeitos
Batem palmas e pedem bis
E diz João foi meu colega
Como me sinto feliz

Mas o negócio não é bem esse
é Manoel Pedro e Romão
Que também são meus colegas
E continuam no Sertão
não pderam estudar
E nem sabem fazer baião
CONTINUE LENDO ►

PT define ações para fortalecimento do diretório em Santa Luzia

Na noite desta terça feira o Diretório Municipal do PT reuniu-se com o objetivo de pensar a organização e a execução de suas ações para este ano. Entre as prioridades estão a campanha de novas filiações com o objetivo de aumentar os quadros do partido em nossa cidade, a divulgação das ações do Mandato que atualmente tem na câmara através do VEreador Bivar Duda. A presidente do partido, Joana Darc Monteiro, colocou como ações emergenciais a partir da próxima semana a vistia às comunidades rurais e bairros de nossa cidade para tomar conhecimento dos problemas existentes agir no sentido de procurar soluções.

Outra reunião está marcada para próxima segudna feira, dia 31 de janeiro, quando o diretório aprofundará as modificações na maneira de agir do partido em Santa Luzia.
CONTINUE LENDO ►

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Como fica o jogo da política em Santa Luzia

Não importa a época, se é ano eleitoral ou não, o tema da política – como é comum que seja – sempre está em evidência. Atualmente temos muito assunto para tratar em relação à questão de Santa Luzia e isso se deve, sob o nosso ponto de vista, a duas razões: a primeira é a ocupação dos cargos comissionados do governo Ricardo Coutinho; a segunda é a difusão de especulações sobre os nomes que entrarão na disputa pela prefeitura em 2012.


A ocupação de cargos é muito comentada, sobretudo, porque ela tem contrariado aquilo que as pessoas divulgavam pelas esquinas. O que se percebe nas nomeações é o peso maior do aspecto técnico em detrimento dos acordos políticos. Esse critério fez com que o atual governador construísse uma coalisão de governo da qual além do DEM e do PSDB outros partidos tivessem participação, inclusive, o PT, embora oficialmente seja oposição, já teve filiados nomeados como secretários e a bancada de deputados estaduais tende a apoiar RC.

Em relação às especulações sobre 2012, em primeiro lugar, é bom que realmente comecemos já a pensar o perfil do próximo prefeito para que façamos a escolha de modo mais amadurecido. A política, hoje em dia, é menos tradição e mais projeto, programa, capacidade de realização etc. Quem pretende chegar à função de prefeito tem que convencer o nosso povo disso. O racha entre o DEM e o PTB; a crise do PMDB; a tímida atuação do PT são temas que as pessoas falam, alguns deles com certo nível de verdade.


O grupo da situação não deixa transparecer seus conflitos, mas é no mínimo estranho o tipo de espaço de atuação que é dado ao vice prefeito e ao representante do PTB na câmara, que a nosso ver, é pouco em relação ao potencial que este partido tem. Aparentemente, a mesma coalisão que elegeu Ademir Morais em 2008 seguirá em 2012, o que não garante que o vice seja o mesmo.Sobre um futuro vice para Morais já há nomes citados pelas esquinas.


Na oposição a falta de uma maior articulação dos discursos dá margem à distorções e boatos como a saída do Vereador Jackson Santos do seu partido – segundo o próprio vereador isto nunca foi sequer pensado. O bloco oposicionista na câmara sai em grande desvantagem pelo número inferior de vereadores e pelo fato de que os vereadores da base saem à defesa quase cega do prefeito não importando se o que chega á câmara é um absurdo ou um projeto relevante. Neste último ano de mandato os oposicionistas deverão encontrar estratégias para cumprirem com sua função política de contrapeso para garantir equilíbrio político. Não deve haver um denuncismo infundado, uma oposição irresponsável, mas deverá a oposição ser mais dura na demarcação de sua postura e mostrar as fragilidades da gestão atual, deverão lutar para que os projetos não saiam da câmara tal como enviados ou orientados pelo prefeito, precisam ser criticados, emendados.


Precisam, enfim, encontrar espaço difundirem suas ações, têm que mostrar à população que as instituições que assumiram no período de Maranhão (2009-2010) foram bem sucedidas e, com isso, demonstrar a capacidade de cuidar bem de santa Luzia ao assumirem a prefeitura. Entrará em cena, com certeza nesta eleição que se avizinha esse debate comparativo. O PT precisará entrar em sintonia com as realizações da presidente Dilma e precisará rever as suas estratégias de atuação a fim de ampliar os seus espaços de poder.


Há pessoas descontentes nos dois campos (oposição e situação) e há uma massa cada vez crescente de pessoas que não comungam mais com as idéias do grupo ocupante do poder, mas também, não sentem ainda segurança na oposição. Se esses descontentes darão origem a uma terceira força e trarão na próxima eleição um novo nome para concorrer ainda não dá para saber. Mas alguns tremores em pequena escala nas bases desses partidos fazem com que essa seja uma possibilidade. A última vez que houve três candidaturas foi no início da década de 1990 e o PT foi responsável por isso através da Dra. Rosa, que ainda hoje é filiada ao Partido. Como a população santaluziense, no seu atual momento, reagiria a isto? Veremos no futuro."
CONTINUE LENDO ►

PT de Santa Luzia reune-se para discutir seu futuro

A presidente do PT, Joana Darc Monteiro, convocou para esta terça feira reunião de filiados do partido na sua sede no Bairro são José. O objetivo é pensar a questão da organização partidária e a renovação dos seus quadros em 2011. a meta para este ano é que o partido acompanhe a tendência que se verificou em todo país de aumento de seus espaços políticos. Está na hora de trazer para Santa Luzia um impulso à este partido que tem papel fundamental nas transformações sociais deste país. Em nossa cidade, o desafio é colocá-la no eixo do desenvolvimento e inclusão de toda população.

Para os próximos dias será aberta a campanha de filiação e o anúncio de novos nomes que irão compor os seus quadros.
CONTINUE LENDO ►