terça-feira, 31 de maio de 2011

Sobre nomes cotados para vice

Nosso blog é muito democrático e, um dos temas mais solicitados pelos nossos leitores, tem sido quais seriam os prováveis nomes para vice prefeito da oposição e da situação. Nem sei se eu deveria falar sobre isso porque o cenário é tão complexo para prefeito imaginem para vice. E ainda é demasiado cedo para tratar desse assunto sob pena de, lá na frente, o cenário ser totalmente diferente do que o que eu apresento aqui. Na verdade, quem sabe mais que eu é Dunga um rapaz que anda o dia inteiro pela cidade à pé com boné na cabeça e escutando as conversas; ele chegou a dizer que vai ter quatro candidatos a prefeito, "heita Dunga véi danado"... Bom, mas pra não deixar de cumprir minha promessa aos leitores, que é a de falar dos temas mais votados no painel do lado direto de nosso blog, então ai vai algumas suposições:

ADVERTÊNCIA

Vejam bem, são suposições: parafraseando Gilvan Freire são visões de um vidente cego! Ou seja, o cenário ainda não está com muita clareza do ponto de vista das chapas majoritárias. Repito é demasiado cedo para falar nisso, mas como a nossa curiosidade é grande lá vai... Mas lembrem: são estritamente a minha opinião em relação às tendências e eu não falei com nenhuma das pessoas citadas.

ÁRVORE DAS POSSIBILIDADES:

Acho que grupo mais tranquilo é o da situação tendo em vista que está numa coligação de quase oito anos com o PTB e,apesar de existirem rachaduras nessa barragem de votos, acho que ela ainda se sustenta nessa eleição 2012. Numa árvrore de possiblidades Ademir Morais teria como companheiros de chapa:


Hoje, ao que se comenta nos bastidores, o favorito é José Alexandre, não é por menos: Zezé é o atual vice, sustentou a aliança com o PTB após o falecimento de Antônio Ivo; quando vereador, Zezé sempre foi líder da bancada do governo e, portanto, pela sua fidelidade e por rezar direitinho a cartilha... é, na minha opinião, o favorito. Minha aposta é nele. Porém, ronda pelas esquinas, e faz sentido, que existem outros dois nomes fortes. O da foto do meio é Júnior de Nem, empresário que trabalha no setor de estruturas metálicas para shows e eventos. Ele tem aparecido bastante em Santa Luzia, ultimamente, algumas vezes visto conversando com seus amigos políticos da situação. Teoricamente, Júnior está alinhado com Grupo de Ricardo Coutinho, mas aprenta manter uma relação desde o tempo de Cássio Governador com o grupo Morais em Santa Luzia. Muito natural que ele queira contribuir com a terrinha, mesmo sendo do lado do estacionário grupo Morais. Por último, e não menos importante, o Presidente da Câmara Hemerson (foto da direita).

Hemerson foi eleito vereador, mas se licenciou para ocupar uma secretaria na prefeitura. Ao retornar à Câmara ele é eleito seu presidente e tem feito um mandato pautado pela defesa dos interesses do governo que representa. Há que admita que esse nome promete para o futuro da situação e, por isso, investimentos pesados virão no sentido de testar se Hemerson decola como propenso candidato ao executivo municipal quando o Ademir não puder mais ser. Assim, uma candidatura a vice não lhe caía mal como uma preparação para dar continuidade ao trablho de Ademir SE o grupo se mantivesse no poder ano que vem.

No bloco oposicionista são enormes as dificuldades e não é por falta de nomes, mas por excesso. É um pouco difícil fazer análise de possibilidades de vice quando não se tem um nome definido para cabeça da chapa. Por isso, correrei o risco de ser mal interpretado ou de chatear alguém pelo que mostrarei à seguir, mas a culpa é dos leitores que querem que eu escreva sobre o tema:


A escolha do vice terá muito a ver com a do cabeça. Neste sentido, por exemplo, é muito natural que se for Chicão que ele queira repetir a dobrada com Netto. Se for Jackson, Heudinho ou Hianna, obrigatoriamente teria de ser os três nomes restantes da lista ou outros. Na verdade existem muitos outros ainda que foram excluídos deste artigo,mas na realidade são fortes...

Dos nomes citados apenas Netto Lima, dra. Hianna e Jackson Santos nunca foram candidatos à prefeito. Porém, Jackson foi o vereador da votação mais numerosa da última e de todas as eleições anteriores, Dra. Hianna foi diretora do Hospital Sinhá Carneiro entre 2009 e 2010 e Netto Lima foi também diretor do hospital e candidato a vice na última. Bivar Duda, Chicão e Dr. Heudinho sabem bem o que é enfrentar uma candidatura na cabeça da chapa.


Suposições...suposições... volto à tecla do artigo de ontem: é preciso, primeiro, pensar o perfil de um prefeito, pensar o que precisa ser feito para mlehorar Santa Luzia e como fazer isso.Que o melhor ocorra para o bem de todos. Depois é que agente procura os nomes. Ahco que é melhor conversar sobre esses assuntos, assim poderemos estar votando no melhor nome para Santa Luzia e o faremos com a lucidez de quem saberá o que quer para nossa terrinha amada. "A Santa Luzia querida e de todos nós".

UFA,... TAREFA DIFÍCIL ESSA PROPOSTA PELOS LEITORES ME PEDIRAM. Espero que sejam mais leves comigo e não me coloquem de novo em situação delicada.
CONTINUE LENDO ►

O Esporte


O Sabugy Futebol Clube é considerado com uma das mais antigas equipes de futebol da Paraíba. A fundação do clube ocorreu em 1923 e, da década de trinta para os dias atuais o time passou por diferentes momentos sagrando-se como uma equipe bastante respeitada.

Treze, Campinense e botafogo são clubes tradicionais no "soccer esportivo tabajarino", mas é em Santa Luzia, que está o mais velho clube de todo Estado, alcançando agora, 50 anos de atividades esportivas, sem que tenha havido de lá pra cá, qualquer interrupção na sua gloriosa caminhada.
Na década de 1980 o clube passa pela sua primeira grande dificuldade, mas na década seguinte, especificamente em 10 de março de 1992, a equipe ressurgiu após a fusão entre as equipes Bambas do Sabugy da Pousada da Serra fazendo renascer o Sabugy Futebol Clube.

Daí por diante a equipe começou a colecionar títulos e, logo nos dois primeiros campeonatos organizados pela liga, nos anos de 1992 e 1993, a equipe consagrou-se como bicampeã. Com os títulos municipais conquistados, a diretoria resolveu partir para competições intermunicipais e interestaduais. 


Já na primeira competição intermunicipal, em 1994, a equipe foi campeã da extinta copa AM Parelhas (hoje denominado Seridozão). 
  • Em 1995, disputou a Copa da Borborema de Campina Grande, sagrando-se vice campeão.

  • Em 1996 disputou o campeonato Paraibano sagrando-se campeão da liga amadora.
  • Em 1997 disputou o Seridozão sendo eliminado nas semifinais; em 1998 foi vice campeão do Seridozão.
  • Em 2000 foi criada a copa do Vale da qual o time foi o campeão.

  • EM 2002, a liga Santaluziense de desportos realizou a Copa Integração envolvendo todas as equipes de Santa Luzia da qual o Sabugy foi campeão; 

  • Em 2004, a Liga Desportiva de Caicó RN realizou o Campeonato Interestadual do qual o Sabugy foi campeão.

  • Em 2005 o Sabugy volta ao Paraibano para disputar a segunda divisão, mas por falta de infra estrutura a Federação Paraibana não concedeu mando de campo ao clube o que o obriga a disputar suas partidas em São José do Sabugy no estádio O DOMINGAO.
  •  O clube foi ainda Campeão Regional Sub15 em Patos PB;
 
EM 2011  A LDS está fazendo uma ampla campanha para arrecadar recursos para reformar o estádio o Machadão para que a equipe possa sediar os seus jogos oficialmente! 

O Blog do Zé Aderivaldo recomenda: participe das atividades da Liga Santaluziense de Desportos e ajude a reerguer o Machadão.


SABUGI NA MÍDIA ESTADUAL: CONFIRA REPORTAGEM DA DÉCADA DE 1970 SOBRE O CLUBE SANTALUZIENSE
 
Fundado no dia 19 de abril de 1923 por um grupo de "rapazolas" que já se viam as serenatas como uma rotina, o Sabugí Esporte Clube venceu todas as dificuldades e ainda continua firme, representando condignamente o nome esportivo da "Veneza do Sertão", obtendo excelentes resultados nos jogos inter-estaduais. Muitos dos seus fundadores já se encontram em outras plagas, sendo alguns deles nomes de projeção, entre médicos, economistas, advogados e políticos.
 
A História
O vereador Luís Marinho, possui ainda hoje, em sua residência, um verdadeiro arquivo sobre toda vida do clube sertanejo, e na conversa com o repórter, ele vai dissertando com riqueza de detalhes, a trajetória da agremiação, desde os primeiros passos. Na época, Luís Marinho foi escolhido como secretário, não hesitando em atender o convite formulado pelo primeiro presidente do clube, sr. Manoel Bianor de Freitas. Outros jovens vieram engrossar a fileira de idealistas pela implantação do esporte-rei na vizinha comuna, e já no mesmo ano, 11 jogadores se encontravam aptos a enfrentar qualquer dos bons times da região, haja-vista a aprovação durante os treinamentos.
A Estréia
Segundo o sr. Luís Marinho, a grande data na vida do clube, foi realmente naquele belo domingo 7 de setembro de 1923, data de estréia, e dia de vitória sobre o São Mamede Esporte Clube, pelo escore de 1 X 0. A cidade ficou em festa, os habitantes que não gostavam tanto de futebol aderiam a ideia e, então, a equipe empreendeu uma marcha vitória.
Gil Gonçalves, Manoel Medeiros, Solon Machado, Chico Graciano, Manoel Pequeno, Aderbal Vilar, Chico Soares, Moacir Medeiros, Manoel Bianor de Freitas, Manoel Benício e Noberto Baracuy, foram os participantes da jornada inicial, e na época tidos como heróis, não só pelo triunfo, mas em razão de fundarem a primeira agremiação local, que viria ser depois, a mais antiga do futebol paraibano.
Bons Feitos
Dentre façanhas obtidas pelo Sabugí Esporte Clube, até os idos de 1960, o sr. Luís Marinho, destaca as vitórias obtidas em Caicó e São José do Seridó (Rio Grande do Norte), inclusive vencendo por duas vezes o selecionado de Caicó; ganhando um rico troféu em disputa com um quadro da cidade de Patos, e por fim sendo campeão do certame organizado por equipes de São Mamede, Juazeirinho, Santa Luzia e Soledade. 

Uma Decepção
Como no futebol nem só vitórias acontece para um lado, Luís Marinho, afirma que o Sabug Esporte Clube também teve duros revezes, citando a maior decepção para todo elenco, em 1936, quando era tido como o bicho papão. O cartaz do time era enorme. Veio então, uma caravana de estudantes universitários, sendo todos os componentes, filhos de Santa Luzia, mas cursando a Faculdade do Rio de Janeiro. Fizeram o desafio e o dia do cotejo foi determinado. Os atletas do Sabugí entraram em campo, e sob os aplausos da torcida já contavam com uma vitória e por longa margem de gols. Entretanto, o time saiu pela culatra. Arthur Ferreira Tavares (hoje, médico na cidade de Patos e pai do secretário de Comunicações), era goleiro dos estudantes, fechou o gol e, lá na frente os seus companheiros conseguiram marcar 1 X 0, representou uma tristeza geral e tamanha decepção para a torcida que era acostumada a ver o timão ganhar de todo mundo e de muito. Luís Marinho recorda ainda, que o juiz daquele jogo foi o engenheiro Samuel Machado, que atuou de terno completo e chapéu de Palhinha.
Os Astros

Todo clube tem sempre os cobras, e no Sabugí, Luís Marinho também faz destaques: "Otacílio da Pitombeira foi o mais veloz atacante; homem de uma impetuosidade tal, que muitas vezes passava pela bola; Caetano Marinho, inesquecível, atuando como lateral; o ex-deputado Federal Jáder Medeiros, que foi o terceiro presidente do clube, construindo a muralha do Estádio, em alvenaria; Chico Soares, Tranquilo no domínio com o bolão de couro e finalmente Noberto Baracuy, um verdadeiro "cracão de bola na época", goleador emérito, sendo uma garantia total no ataque.
Mesma Dinâmica
Ao final das declarações, o sr. Luíz Marinho acrescentou: "O Sabugí Esporte Clube, é o único clube paraibano que desde a sua fundação vem representando o nome de Santa Luzia, sem interrupção, pois outros que surgiram primeiro, tiveram efémera passagem. Outros pretos de alma branca como Otacílio da Pitombeira, lá ainda existindo vestindo a camisa do mesmo time, dando glórias a torcida e perpetuando os nomes daqueles fundadores que já estão nos parames celestiais. O sucesso dos jovens de então em defesa do Sabugí Esporte Clube de Santa Luzia, representa muito bem o esforço daqueles da minha geração que tiveram a coragem de fincar a bandeira dos desportos em minha terra".

Fonte: Diário da Borborema (Campina Grande, 23 de agosto de 1973).
Texto: Francisco de Assis (Olé)


CONTINUE LENDO ►

segunda-feira, 30 de maio de 2011

2012 já começou politicamente falando

Esse fim de semana quatro portais de notícias da PB trouxeram manchetes do tipo: "anteciparam 2012", "partidos antecipam corrida eleitoral", "antecipação de 2012". Todas as notícias fizeram referência ao fato de que já há cidades em que se tem os candidatos definidos. Uma quase campanha eleitoral extemporânea (que é crime eleitoral inclusive)com destaque para Manoel Júnior em João pessoa que só falta chorar para ser o candidato... e olhe que o TSE não tem ainda,sequer, o calendário eleitoral definido no que se refere à período de convenções, início da campanha, etc. O nosso blog faz a perguta: Mas por que tanta pressa?

"A coisa não tá boa pra político não"... dizem os velhos do café Aurora em Campina Grande, por onde passo toda semana. Eles fazem referência ao descrédito dado aos políticos, sobretudo, àqueles que fazem política só de quatro e quatro anos no tempo da eleição. Estes têm reprovação do povo. Por essa razão, os partidos estão começando a trabalhar mais cedo a fim de que possam encontrar uma saída à sua crise. Por outro lado, está em curso um processo amplo de redefinição da vida partidária no Brasil: período de de filiações e transferências entre partidos, além disso, as definições sobre fidelidade partidária, a criação de novos partidos e a fusão são todos acontecimentos que estão ocorrendo gerando muitas expectativas entre a classe política.

COMO ESTÁ O VALE DO SABUGI?

Nossa querida terra não é diferente. Blogs têm destacado que as conversas andam muito avançadas. O blog Política do Vale do Sabugi, coloca que em São José a questão está praticamente fechada entre nomes como: do lado do líder Manoelzinho estaria a candidata Nellis, prefeita atual da cidade; na oposição Ayrton Miguel.Ayrton,diferentemente de Nellis,contará com o apoio de muitos aliados como,o Vereador Tantico,o Ex-Vice Prefeito Antonio Miguel,a própria família de Derci e o Deputado Estadual Lindolfo Pires (DEM).

O blog ainda divulgou a existência de um pário pesado em Várzea entre Galego e Demarzinho. O site Sertão 1 divulgou nesta segunda a notícia de que o presidente do PMDB de Várzea, apoiado pelos deputados Hugo e Francisca Motta, será candidato ano que vem. Em São Mamede, o PT já anunciou que terá candidato próprio enquanto que dr. Chagas anda afirmando que não será mais candidato. Em Junco do Seridó, mesmo desgastado e com índice de reprovação meio alto, Branco pretende ser candidato a reeleição muito provavelmente contra o Dr. Paulo que é genro de Dr. Zé Antônio.

E SANTA LUZIA?

DR. Ademir Morais é candidatíssimo. Apesar de ter dito na última campanha, em 2008, que iria se aposentar da vida política, vai contrariar o que disse e para, para bom entendedor, já tem uma postura de candidato. Intensificou a mídia em seu favor, está mais presente na cidade, trouxe a esposa para ser secretária e matriculou o filho em uma escola da cidade...

No campo da oposição o xadrez ainda não está resolvido: Chicão, nome da última campanha, já afirmava em 2008 que seria candidato em 2012 e parece estar confirmando sua intensão pelas várias conversas e visitas que tem feito na cidade. Mas, em público, tem afirmado que quer ser o candidato do consenso e que, portanto, se houver outros nomes que queiram sair candidatos ele está aberto ao diálogo. Entre estes nomes estão os seus colegas de Partido Dr. Heudinho, o vereador Jackson Santos e Dra. Hianna. Além desses, ainda existe, no PT, Bivar Duda vereador que tem se destacado na liderança da oposição na câmara. Bivar, na última campanha de deputado Estadual foi o mais votado da cidade topando nomes antigos da política a exemplo de Assis Quintans e Francisca Motta que eram campeões de voto e, além destes, Dr. Galileu, Gilvan Freire, Demzinho e dra. Tatiana eram nomes de Santa Luzia que disputavam uma vaga.

Nas reuniões da executiva do PT o que se tem discutido é qual o perfil que deve ter o próximo prefeito, sem citar nomes a idéia é fazer pensar o que queremos para Santa Luzia a partir da eleição de um novo prefeito. O PT, que além de Bivar Duda tem Dra. Rosa, Dr. Telésforo, Joana Darc Monteiro e José Ademar (Zé Bá) como potenciais nomes para candidatura, não tem uma resposta sobre o assunto. O PMDB, por enquanto, também não. Até quando esperará a oposição para apresentar o seu candidato?

NOSSA OPINIÃO

Considero interessante começar a refletir sobre o perfil do próximo prefeito. Decididamente, não podemos continuar empurrando determinados problemas: as questões ambientais que envolve não só o esgoto no açude, mas a devastação que as cerâmicas e mineradoras proporcionam, o lixão ainda não foi resolvido e não parece ser nesse restante de mandato, além disso, a problemática do desemprego, da falta de perspectiva para os jovens e a questão das drogas e violência ainda são graves desafios e necessidades urgentes.

Será que o Prefeito Ademir Morais tem condições para tocar em frente essas questões e realmente enfrentá-las? O prefeito parece ter adotado a estratégia de lamentar-se da falta de recursos e não se mexe para encontrar alternativas. Por outro lado, a oposição dispõe de alguém que tenha segurança para enfrentar os problemas mencionados? A oposição está preparada para administrar Santa Luzia com tamanhos desafios e problemas historicamente acumulados e que, como uma bola de neve, parece crescer mais e mais?

O próximo prefeito deverá ter equilíbrio necessário ao enfrentamentamento de todas as problemáticas: nem deve perder a cabeça e cometer atos inconsequentes e nem deve ser relapso e ficar na pura lamentação a mercer de uma solução vinda abruptamente. O prefeito a partir de 2013 deverá ter muita disposição, inclusive física, para longas jornadas de trabalho equacionando esse complexo jogo, movendo as duras peças enferrujadas da estrutura e corroídas da política santaluziense. Quem se candidata? Algum leitor do blog?
CONTINUE LENDO ►

domingo, 29 de maio de 2011

Blog do Caniello: A caprinocultura e o desenvolvimento do Semiárido:...

Blog do Caniello: A caprinocultura e o desenvolvimento do Semiárido:...: "A  cabra  foi o primeiro animal domesticado pelo Homem para produzir alimentos ( leite  e  carne ), há cerca de 9.500 anos no Oriente próxim..."
CONTINUE LENDO ►

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Sexta é dia de cinema

Ainda não está acessível, mas é bom guardamos o nome desse filme porque ele promete ser muito bom. Relembro Veríssio em uma de suas crônicas quando diz que cinema é melhor do que pipoca. Pois bem, as histórias têm o poder de nos encantar, de fazer agente torcer pelo personagem etc... Essa história é muito interessante e não é uma simples biografia. Direto do Blog Fotogramadigital vamos conhecer mais a histíria de Howl:


Howl
(Howl, 2010)
Drama - 84 min.

Direção: Rob Epstein e Jeffrey Friedman
Roteiro: Rob Epstein e Jeffrey Friedman

Com: James Franco, David Strathairn, Jon Hamm, Mary-Louise Parker, Alessandro Nivola, Jeff Daniels e Treat Williams



Antes de mais nada é preciso salientar que apesar de tratar diretamente da obra do poeta beat Allen Ginsberg, Howl não funciona exatamente como uma biografia tradicional.


O filme dirigido em parceria por Rob Epstein e Jeffrey Friedman (ambos ligados ao documentário The Celluloid Closet) parte para uma análise mais profunda da liberdade de expressão e da aceitação do diferente usando como base o "caso" de Ginsberg,


Assim como a poesia do personagem, o filme não pretende ser esteticamente tradicional e mistura flashbacks, p&b, monólogos, animação e filme de tribunal. E mais incrível, é que essa maluquice funciona muito bem. Os flashbacks (que contam momentos da criação da poesia do personagem e um pouco sobre sua vida) surgem em p&b, a leitura das poesias são ilustradas pela animação e o presente surge em cores e entrecortado entre o julgamento sobre obscenidade que o editor do livro "Howl" de Ginsberg sofre e uma entrevista do autor para um jornalista (que nunca é visto).



Howl não está interessado em contar cada segundo da vida de seu personagem, mas em ilustrar sua criatividade e seu talento. Mostrar cada detalhe de seus prodígios e de sua enorme capacidade intelectual e de imaginar "mundos", criar algo novo e completamente diferente do status quo.


Mas no fundo Howl levanta bandeiras. O background dos envolvidos (além dos diretores Gus Van Sant é um dos produtores executivos) corrobora essa intenção que não soa exagerada nem catequizadora. Muito felizes ao relacionar uma figura notoriamente controversa com questões urgentes em nossa sociedade (cada vez mais importantes) como: liberdade de expressão e aceitar o diferente.


Isso também fica claro pelo envolvimento de uma série de grandes e talentosos atores em pequenas pontas. Além de James Franco, muito a vontade como o poeta e bastante seguro de si nas cenas onde precisa demonstrar afeto por outros homens por exemplo, durante o julgamento (que serve como principal linha narrativa do filme) os papeis de advogado de defesa e promotor são defendidos por dois atores de grande talento: John Hamm (da série Mad Men e do recente Atração Perigosa) e David Strathairn (de Boa Noite, Boa Sorte, Ultimato Bourne, Los Angeles Cidade Confidencial entre muitos outros) respectivamente.



Além deles desfilam pela tela diversos especialistas, que servem como testemunhas a favor ou contra a liberalização do livro. Curioso ver Mary-Louise Parker (da série Weeds entre outros) como uma ferrenha defensora da proibição do livro, em um papel diferente do que estamos acostumados a ver. Completam o elenco Jeff Daniels (Debi & Lóide, Lula e a Baleia, Velocidade Máxima entre outros), Alessandro Nivola (A Outra Face, Retratos de Família entre outros) e Treat Williams (conhecido pela série de tv Everwood, lembram?).


Howl se destaca do lugar comum das biografias por sua estética apuradíssima e pelo bom gosto nas animações que ilustram a sincopada narração de James Franco. A idéia parece ser enfatizar cada palavra dita tornado-a especial para quem ouve. Se aposta no ritmo de cada frase que é visualizada com cuidado e carinho por imagens astrais, banais, sexuais e religiosas como a poesia do autor.
CONTINUE LENDO ►

Quarto São João da Creusa Duda, Arraiá das Morenas, começa hoje

Direto de Sertão 1

O quarto São João da Rua Creusa Duda, no bairro São José em Santa Luzia, terá início hoje Nego e Valdim dos Teclados.

Amanhã, sábado, dia 28, Deca do Acordeon, Marcos Luan e Carlinhos dos Teclados. No domingo pela manhã café da manhã grátis para todos os forrozeiros que amanhecerem o dia.

No domingo, dia 29, encerrando a festa, show com Titico do Acordeon e Forró Beleza.

O Arraiá das Morenas ainda terá quadrilhas juninas, forró pé de serra, comidas típicas, organizado por Ioneide Morena.
CONTINUE LENDO ►

Atenção professores olhem os contracheques mês que vem

A edição de hoje do Diário Oficial trouxe um decreto no qual fica concedida a "Bolsa de Desempenho Profissional" aos servidores do Grupo Ocupacional Magistério. O benefício, que é de R$ 230, foi instituído dentro das negociações com a classe a fim de encerrar a greve. Mesmo com a instituição da referida bolsa, os professores continuam de braços cruzados e cobram o pagamento do piso nacional e mais a manutenção da Gratificação de Estímulo à Docência (GED).

O decreto não deixa claro como será operacioanlizado o pagamento da bolsa, não se sabe se o pagamento será automático ou se dependará de alguma informação prestada pelos próprios professores, diretores de regional ou diretores de escolas. Por isso, para evitar que a politicagem tome conta disso, muita atenção. Confira na íntegra o decreto abaixo:


CONTINUE LENDO ►

Brasileiro poderá ser o diretor do novo filme Wolverine diz revista americana

O brasileiro José Padilha, de "Tropa de elite", integra uma lista de oito diretores cotados para assumir a direção do novo filme "Wolverine", informou nesta quarta (25) a versão digital da revista "Variety". A nova adaptação do herói da Marvel seria dirigida por Darren Aronofsky, de "O cisne negro", mas ele deixou o projeto dois meses atrás.

O ator Hugh Jackman continua no filme.

Segundo a "Variety", Padilha está na lista ao lado de Doug Liman, Antoine Fuqua, Mark Romanek, Justin Lin, Gavin O'Connor, James Mangold e Gary Shore.

Também nesta quarta foi divulgado que o brasileiro faria um filme sobre tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. O longa "Tri-border" contaria a história de organizações criminosas concorrentes. Padilha também está confirmado na refilmagem de "Robocop".


Direto do G1
CONTINUE LENDO ►

RC cumpre decisão judicial e convoca aprovados em concurso

Sob ameaça de multa diária de R$ 10.000,00 e de responder à processo por improbidade administrativa, o governador executou nessa sexta feira determinação judicial. O mandado de intimação ao governador Ricardo Coutinho (PSB), o qual o deixa ciente da decisão judicial da 4ª Vara da Fazenda Pública em João Pessoa, lavrada pelo Drº Gustavo Procórpio, a qual abre prazo de 10 dias para nomear todos os concursados da Polícia Civil, foi entregue na tarde desta quinta feira.

Dessa vez o governador foi bastante ágil e, no amanhecer, já estavam convocados todos os concursados. O descaso dele é mesmo com a educação. Essa sim. Os aprovados podem ter decisão judicial até do supremo, mas ele não convoca como é o caso de muitos coletas sociólogos aprovados em concursos e que estão de liminar na mão.
CONTINUE LENDO ►

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Manoel de Bia grande talento da cultura santaluziense


Quero dedicar um espaço no Blog para homenagear Manoel de Bia. Quantos já não se divertiram ao som de seus cocos de roda, das baionadas que ele tocava nos tempos áureos em que o São João era São João em Santa Luzia (entendo que atualmente São João é sinônimo de show de forró). Em um ano desses ai, nos tempos de outrora, Manoel de Bia estava fazendo uma baionada com o falecido poeta José Aleixo Criança quando um parente seu chega, meio quente, puxando fogo como a gente diz. Ele trazia um grilo grande e verde... Se aproximando dos cantadores diz: "tá ai prendi o devorador do fruto da roça alheia". Manoel de Bia, sabido como é faz os seguintes versos:

PRENDI O DEVORADOR DO FRUTO DA ROÇA ALHEIA

Esse grilo é um ladrão
Que vivia no meu roçado
Com outros seus aliados
Dessa mesma profissão
Por uma contradição
Agora vai pra cadeia
Passar fome, levar peia
Por se um destruidor
Prendi o devorador
Do Fruto da roça alheia

Esse grilo destruía
As ramas do meu roçado
Frutos que eu tinha plantado
Gerimun, melão e melancia
Tudo isso ele comia
Tava de barriga cheia
Sim que nunca trabalhou
Prendi o devorador
do fruto da roça alheia

Eu perdi a paciência
Por ver a destruição
Desse grilo ladrão
Nada dá de assistência
ele pegava a ausência
Do povo daquela aldeia
Entrava de cara feia
Como se fosse agricultor
Prendi o devorador
do fruto da roça alheia

Hoje teve a pouca sorte
foi aprisionado
Vai ser condenado
Talvez a pena de morte
Quem julgava-se o forte
Naquelas várzeas de areia
Hoje nen se quer passeia
Nos lugares que já passou
Prendi o devorador
do fruto da roça alheia

Você não tem mais soltura
Já tá lavrado o processo
Nem tribunal nem congresso
Defender você procura
Você vai pra uma cela escura
Só vendo a brecha da telha
Devido as coisas mais feias
Que você já praticou
Prendi o devorador
do fruto da roça alheia

Amanhã de manhã
vou levar você danado
Pra um lugar reservado
No terreiro da cozinha
Lugar de muita galinha
Num barro sem ter areia
Pra ver pinicada cheia
Dum galo velho brigador
Prendi o devorador
do fruto da roça alheia
CONTINUE LENDO ►

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Deficiente mental de 35 anos é criado preso em galinheiro na PB


Um homem de 35 anos de idade está sendo criado como um bicho bruto, dentro de um galinheiro dividindo o espaço com várias galinhas, há quase 30 anos, no Sítio Camará, na zona rural de Pilõezinhos.

Segundo informações da agricultora Mirian Félix de Meireles, 55 anos, mãe de Roberto Félix de Meireles, ela começou a perceber que seu filho tinha problemas mentais quando o mesmo tinha 7 anos.

Em entrevista ao repórter Zé Roberto, da rádio Constelação FM, ela disse que, por algumas vezes, seu filho chegou a fugir de casa, por isso o mantém preso no local.

Ainda segunda dona Miriam, ele não usa roupas pois todas as vezes que ela tentou o vestir ele tirava as roupas.

Dona Mirian disse que ele custou a começar a andar e nunca reconheceu seus pais.
Entre ele e os familiares não há qualquer tipo de comunicação apenas alguns gestos involuntários feitos por ele.

Vereadores informaram que a Ação Social e Saúde de Pilõezinhos já tomaram as providências cabíveis desde a última sexta-feira (20), após tomar conhecimento do fato.

Foi feita uma visita a residência da agricultora e nesta semana o rapaz iniciará um tratamento com profissionais especializados em doenças mentais.

Redação Sertão Informado
CONTINUE LENDO ►

Se na PB Chico César evita sertanejos em Caruaru dividirá palco com eles


A prefeitura de Caruaru anunciou a programação completa do São João 2011 e para surpresa geral o secretário de Cultura da Paraíba, Chico César está entre as atrações, na mesma noite que bandas como "Chiclete com Banana" e "Amigos Sertanejos". Este ano, a festa não durará um mês inteiro, mas apenas 26 dias. A festa começa no dia 4 de junho e termina no dia 29.

Para quem não se lembra, Chico foi protagonista de uma confusão que resultou na negativa de apoio do governo da Paraíba ao "Maior São João do Mundo", em Campina Grande, e se justificou afirmando que não patrocina "forró de plástico e nem sertanejos".

O Diário de Pernambuco, em sua edição de ontem destacou o quanto a festa é eclética: "Praticamente todas as atrações são de forró, mas há vários estilos diferentes, com espaço tanto para a tradição do Trio Nordestino e do sanfoneiro Camarão quanto para bandas elétricas como Mastruz com Leite e Limão com Mel".

Astros da MPB também participam, como Chico César, Zé Ramalho e Elba Ramalho. A Axé Music é representada pela baiana Margareth Menezes, que preparou um novo show de forró. "Vamos fazer uma apresentação linda, com muito forró, baião, xaxado ′ embolada", divulgou a cantora em seu site oficial.

A banda Chiclete com Banana também foi convidada, pois também está com um novo projeto dedicado ao forró. O grupo baiano tocará ainda no São João da Capitá, no Chevrolet Hall.

Veja a programação completa do Pátio do Forró Luiz Gonzaga:

Sábado, 4
20h Azulão
21h30 Genaro
23h30 Elba Ramalho
2h Matruz com Leite

Domingo, 5
19h Totonho
20h Filhos de Victor
21h30 Amazan
23h30 Sirano e Sirino

Segunda, 6
21h30 Forró Cigano

Terça, 7
21h30 Forró Aprumado

Quarta-feira, 8
20h Léo Domingos
21h30 Jucélio Vilela
23h Forró do Bom

Quinta, 9
20h Zabumba Bacamarte
21h15 Camarão
22h45 Ébano Nunes
0h Cangaia de Jegue

Sexta, 10
20h Renovação Nordestina
21h15 Cacimba de Aluá
22h45 Flávio José
0h30 Adelmário Coelho
2h Cavaleiros do Forró

Sábado, 11
19h Forró do Muído
21h Flavio Leandro
22h15 Clã Brasil
23h45 Maciel Melo
1h30 Benil

Domingo, 12
19h Joana Angélica
20h15 Renilda Cardoso
21h30 Italo e Reno
23h30 Paulinho Leite
1h30 Gian e Giovani

Segunda, 13
21h Cheiro da Terra
22h30 Rosimar Lemos

Terça, 14
21h Banda do Batista

Quarta, 15
19h Erasmo Miguel e Banda
20h30 Brasas no Altar
22h Mattos Nascimento
23h Daniel Diau

Quinta, 16
21h30 Igrejas Católicas

Sexta, 17
20h Forró da Pegação
21h15 Rogéria
22h45 Margareth Menezes
0h30 Petrúcio Amorim
2h Limão com Mel

Sábado, 18
19h Chiclete com Banana
21h Maestro Forró
22h30 Chico César
0h30 Waldonys
2h Amigos Sertanejos

Domingo, 19
19h Banda Topázill
20h15 Dudu do Acordeon
21h30 Estakazero
23h30 Arreio de Ouro

Segunda, 20
20h Marlene do Forró
21h15 Louro e Victor Santos
22h Companhia do Forró

Terça, 21
20h Caruforró
21h15 Didi Caruaru
22h30 Forró Quentão

Quarta, 22
20h Heleno dos Oito Baixos
21h15 Jailson Rosseti
23h30 Pinga Fogo
1h30 SoxoteA

Quinta, 23
19h Garota Safada
21h Jorge de Altinho
23h Herbert Lucena
0h15 Santana
2h15 Brasas do Forró

Sexta, 24
20h Gilvan Neves
21h15 Valdir Santos
22h30 Israel Filho
0h30 Nando Cordel
2h30 Magníficos

Sábado, 25
19h Gatinha Manhosa
21h Fábio Carneirinho
23h Geraldinho Lins
1h Elifas Júnior
2h Novinho da Paraíba

Domingo, 26
20h Almério
21h15 Erisson Porto
22h30 Trio Nordestino
0h Zé Ramalho
2h Brucelose

Segunda, 27
20h Humberto Bony
21h15 Banda Alternativa
23h30 Anjo Azul

Terça, 28
20h Osquestra de Oito Baixos
21h15 Gean Mota
22h30 Calango Aceso
1h30 Calcinha Preta

Quarta, 29
19h Aviões do Forró
21h Flor de Mandacaru
22h15 Targino Gondim
0h Alcymar Monteiro


FONTE: www.clickpb.com.br
CONTINUE LENDO ►

PT instala Comissão de Acompanhamento Eleitoral para o pleito de 2012


O PT Nacional instalou nesta terça-feira (24), em São Paulo, a Comissão de Acompanhamento Eleitoral com vistas ao pleito de 2012.

A primeira tarefa da comissão será fazer um levantamento aprofundado dos resultados eleitorais de 2008 e 2010, com foco principal nas cidades com mais de 150 mil habitantes e naquelas que tem geradoras de TV.

Os resultados desse trabalho serão apresentados na próxima reunião do Diretório Nacional, marcada para 5 de agosto, e servirão de base para a definição da tática eleitoral e da política de alianças do partido. Após o DN, o grupo passará a fazer o acompanhamento da conjuntura nos Estados.

A Comissão também participará da reunião com todos os presidentes regionais do PT em Salvador (BA), no dia 3 de junho. Na pauta, Eleições 2012 e Reforma Política.

EM SANTA LUZIA

O Diretório Municipal já realizou sete reuniões nas quais um dos temas discutidos foi as eleições do próximo ano. Nessas discussões, a propósito, tem sido amadurecida a reflexão sobre qual o papel que o partido desempenhará no próximo ano. Entre os membros não está afastada a possibilidade de que o partido lance candidato próprio, seguindo a orientação do Diretório Nacional, porém, ainda não há nada fechado tendo em vista que tudo deverá iniciar com uma conversa com todos os filiados do partido e depois com o PMDB com quem se coliga desde 2000.

A Comissão Municipal de Acompanhamento Eleitoral ainda não foi formada e só deverá ser após a definição da comissão estadual. Até lá, o diretório continua se reunindo para planejar suas atividades, inclusive, com vistas à 2012.
CONTINUE LENDO ►

ATENÇÃO: UEPB divulga edital para pedido de isenção do vestibular 2012

COMVEST divulgou ontem edital regulando as regras para solicitação de isenção da inscrição e a participação nas cotas.Segundo o referido edital, têm direito à isenção e cota alunos da rede pública tanto os que estão estudando como aqueles que já estudaram.

O período de inscrições ocorrerá de 30 de maio a 10 de junho através do preenchimento de formulário eletrônico no portal http://www.comvest.uepb.edu.br/. Para a Cota de Inclusão, política que reserva 50% das vagas da ampla concorrência, somente poderão participar os candidatos que cursarem integralmente o ensino médio na rede pública do Estado da Paraíba.

Poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição os candidatos que concluíram, ou estão concluindo, as três séries do ensino médio em escolas da rede pública municipal, estadual ou federal do país. Também terão direito à isenção os doadores regulares de sangue e de leite materno, além dos servidores da Instituição e seus dependentes.

COMO É O PROCEDIMENTO:
O aluno acessa o endereço eletrônico http://www.comvest.uepb.edu.br/ preenche o formulário que é disponibilizado. É a primeira etapa.

O segundo passo é encaminhar, via correio, os seguintes documentos:


Para o candidato que está cursando o Ensino Médio em Escola Pública:

Declaração em papel timbrado ou com carimbo identificador da unidade de ensino, assinada pelo Diretor Geral ou Adjunto, de ter cursado integralmente as duas primeiras séries do Ensino Médio em Escola Pública e comprovante de matrícula regular no 3º ano.

Cópia da Carteira de Identidade (RG).

Cópia do CPF.


Para o candidato que já concluiu o Ensino Médio em Escola Pública:
 Cópia do Histórico Escolar Completo.
 Cópia da Carteira de Identidade (RG).
 Cópia do CPF

O endereço a que deve ser enviada a documentação é o seguinte:

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA COMVEST – Comissão Permanente do Vestibular Rua Baraúnas, 351 - Bairro Universitário CEP: 58.429-500 - Campina Grande-PB
CONTINUE LENDO ►

São João de bairros, escolas e da Barra são alternativa


Apesar da tímida programação do São João, anunciada não pelo prefeito, mas por outra pessoa em um evento que não tinha o objetivo de fazer a referida divulgação, a comunidade de Santa Luzia se esforça para manter viva essa tradição - que no meu modo de ver precisa ser rapidamente reconhecido como patrimônio artístico cultural da Paraíba para só assim tornar mais fácil o recebimento de apoio. Não vejo ninguém se movimentando nesse sentido e, mais uma vez, ficamos no tempo (estacionários).

Considero que os festejos juninos das escolas e bairros ainda conseguem preservar algum aspecto da tradição e dão maior espaço para o autêntico forró pé de serra. Eles precisam, sem dúvida, serem mais apoiados e divulgados a fim de que o calendário junino seja percebido não como quatro dias, mas como um mês inteiro de festas. Alguns eventos já têm data definida e acabo divulgando aos leitores de nosso blog:

SÃO JOAO DA EDUCAÇÃO
DATAS: 01 e 02 de junho

ARRAIÁ DO ARLINDO BENTO
DATAS: 03 e 04de junho

SÃO JOÃO DO PE. JERÔNIMO LAUWEN
DATAS: 06 a 10 de junho

SÃO JOÃO DA BARRA
DATA: 18 de junho

SÃO JOÃO DO CEDUC
DATA: 19 de Junho



Ainda falta divulgar datas dos eventos:
São João do bairro São José
São João da rua de baixo ( no período do S. João da cidade, mas falta confirmar os dias especificamente)
São João do Nsa Senhora de Fátima
São João da Escola coelho Lisboa
São João da Escola Trindade Verna (do Frei Damião)
São João da Fazenda Maracajá (organizado pelo Dr. Telésforo)
CONTINUE LENDO ►

terça-feira, 24 de maio de 2011

Histórias de Zé Limeira


Numa cantoria, Zé Limeira e José Alves Sobrinho travavam a peleja com apenas três intervalos de 20 minutos a noite. As horas pulavam. Os violeiros engalfinham-se no galope à beiramar, o mais difícil gênero da cantoria nordestina: estrofe de dez versos com onze sílabas, obrigatoriamente tônicas as segunda, quinta, oitava e décima primeira. Nesse estilo, o poeta do absurdo acaba fazendo os seguintes versos:

"Eu canto galope no céu e na terra
Prumode os vivente pudê me ispiá...
Tacaca, mofumbo, raposa e preá,
No campo, na baixa, na grata e na serra,
Jumento, cavalo, garrote que berra,
Garrote, cavalo, jumento muá,
Vaqueiro, cangalha, chicote de pá,
Chicote, cangalha, vaqueiro, sacola,
Limeira é quem berra no som da viola
Cantando galope na beira do má."

"Limeira só canta toada bonita
Pra moça da roça, pra moça da rua...
Braúna, chocalho de noite de lua,
Cardeiro enfeitado de laço de fita.
Carroça vestindo camisa de chita,
Novena na casa do Sítio Tauá,
Porteira, cancela, vareda, jucá,
Mutuca, facheiro, vaiado, pagode,
A cabra rodando na pimba do bode,
Cantando galope na beira do má. "

"Me chamo Limeira, Liminha, Limão,
Muntado a cavalo no mato fechado,
Ciência Regente conheço um bucado;
Carcaça de burro de espora e gibão.
Facheiro, jurema, colada, trovão,
Novilha parida do lado de lá,
A cabra berrando do lado de cá
Com medo do bode da pimba de ponta,
Limeira é quem fala, Limeira é quem conta.
Cantando galope na beira do má."

"Não sei onde fica esse tá de oceano,
Nem sei que pagode vem sê esse má...
Eu sei onde fica Teixeira e Tauá,
Que tem meus moleques vestido de pano...
A minha patroa é quem traça meus prano,
Cem culha de milho inda quero prantá,
Farinha, lugume, feijão e jabá,
Com mói de pimenta daquela bem braba,
Valei-me São Pedro, Limeira se acaba,
Cantando galope na beira do má."

"Mourão de porteira, cangote de vaca,
Cangote de vaca, mourão de porteira,
A nega vexada chamando a parteira
E o nego pulando na ponta da faca
Preá, punaré, papa-vento, tacaca,
Cachorro querendo lambê o preá,
O pobre correndo pra aqui, pra cuiá,
O mato fechando, se abrindo de banda.
No tá do repente Limeira é quem manda
Cantando galope na beira do má."

"Eu sou Zé Limeira, caboco do mato,
Capando carneiro no cerco do bode,
Não gosto de feme que vai no pagode,
O gato fareja no rastro do rato,
Carcaça de besta, suvaco de pato,
Jumento, raposa, cancão e preá,
Sertão, Pernambuco, Sergipe e Pará,
Pará, Pernambuco, Sergipe e Sertão,
Dom Pedro Segundo de sela e gibão,
Cantando galope na beira do má."
CONTINUE LENDO ►

É preciso desmistificar a política diz pré candidato

Estive essa semana com José Arimatéia "Matéia Eletricista" simpatizante do PT que oficializou o pedido de filiação ao partido. No ato, Arimatéia afirmou que tem intensão de ser candidato a vereador e, a razão pela qual fez essa escolha, foi a de que está cansado de ver as pessoas tratarem os políticos dominantes como mito enquanto os problemas se intensificam. Arimatéia dispara:

"rapaz já tá na hora da gente desmistificar a política... os políticos são os funcionários da gente"

Arimatéia trabalha de eletricista e tem discutido bastante a reforma dos espaços urbanos de Santa Luzia.
CONTINUE LENDO ►

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Patácio Peixoto um político do passado ou presente?


Me divirto muito todos dos dias acompanhando a novela Cordel Encantado. Apesar de, em seu conteúdo, existirem alguns erros históricos, algumas misturas que só podem existir porque são ficção, há muitas mensagens interessantes sendo passadas a cada capítulo. A novela está muito boa também do ponto de vista técnico, especificamente das cores, luzes e figurinhos bem montados. Um mérito para sua diretora de arte a Amora Mautner.

Alí, há um cruzamento de trajetórias que não resume o enredo da novela à Jesuíno e sua amada Açucena. Há figuras muito interessantes como Timóteo, o coronelzinho, Farid (o sultão de três mulheres) o delegado Batoré, Miguezin - o profeta... tantos outros personagens que nos prendem à novela. Um dos que mais me prende, a propósito, é o prefeito Patácio Peixoto, marido de dona Ternurinha. É o típico pau-mandado: obedece às ordens da mulher e atende à qualquer demanda do coronel Cabral. Isto porque o coronel custeia muitas coisas do prefeito, a exemplo da vinda da família do real para o Brasil. Patácio tem mania de grandeza e adora um discurso, não perde uma oportunidade de falar “para o povo na qualidade de prefeito de Brogodó”. Uma das suas cenas que gostei mais foi aquela em que, sentado em sua poltrona, o prefeito lê o livro de Maquiavel, O Príncipe, ele adormece e sonha com seus grandes pronunciamentos, com a projeção de sua imagem...

Marcos Caruso tem interpretado muito bem o papel de uma figura política que trabalha cotidianamente para que "sua plataforma política" tenha sempre força para se manter... Por isso dona Ternuriiiiinha, sua fiel e viva esposa, não perde a chance de ajudar o marido a encontrar estratégias de sempre aparecer bem na fita. Na minha opinião, Patácio não é simplesmente o político do passado, mas também, em alguns casos, ele se parece muito com alguns políticos que subestimam a inteligência do povo na medida em que tenta envolvê-lo em suas falácias tipo "não faço porque não tenho condições", "a ajuda não veio", "a prefeitura não tem recursos financeiros para tal" frases típicas que o Patácio usa...

Eu, que já fui candidato a vereador, agora fico me perguntando: alguma vez fiz papel de Patácio? Vi muitos colegas fazerem esse papel ao passo em que tudo que faziam não tinha um sentido profundo, não tinha um compromisso com a coletividade, mas com "a minha plataforma política"... Escuto muito das pessoas dizerem que fulano se elegeu e depois não dá nem as horas a ninguém... sicrano morava fora agora que tá perto da eleição voltou pra Santa Luzia e não perde mais um evento. Parafraseando Jessier Quirino esse é o tipo do candidato que assiste meia missa e sai comungado.

As pessoas, é isso que quero dizer usando a figura do Patácio, reconhecem quando alguém está agindo só para manter uma imagem de homem público de valor, de moral e comprometido. Não há marqueteiro que consiga disfaarçar tamanho descaramento de alguns colegas. O bom político, em primeiro lugar, deve estar movido por um profundo senso de coletividade, deve saber separar a sala de sua casa da sala onde trabalha. E o que eu acho mais crucial: não é só o povo que deve ser fiel ao político, mas o contrário, os políticos (nós) devemos ser fiéis aos cidadãos das simples coisas (tratá-las bem, como gente e não gado) às mais complexas como realizar ações para resolver os problemas que afetam à coletividade. Acho que devemos cobrar fidelidade do político através do cumprimento daquilo a que ele se propôs. Há colegas(espero que eu não tenha sido assim) que sequer cumprimentam com bom dia os seus conterrâneos. Um cumprimento, um aperto de mão é uma questão de civilidade, de polidez, é um ato de reconhecimento de que o outro existe.

Quando não se faz essas coisas e se deixa para fazê-las na eleição corre-se o risco de se tornar um Patácio. Os problemas cotidianos merecem atitudes, exigem um posicionamento efetivo do político e não uma saída rasteira do tipo "vou encamihar a demanda ao governador", como disse o Patácio em relação ao reforço policial para combater os cangaceiros...Alguém que não se interessa pelo povo e seus problemas ao longo do ano, como pode afirmar estar ao lado dele no palanque? Alguém que é eleito e não presta conta de seu mandato, como pode ser transparente? Como pode comprovar o que fez?

Patácio é tipo engrassado de se ver, mas na ficção. Na realidade este tipo de político é o que mata milhares e milhares de pessoas: de fome, na fila dos hospitais, na violência urbana, no trânsito desorganizado, nas estradas abandonadas. Isso não é nada engraçado.

Quantos Patácios temos em Santa Luzia? Até quando eles sobreviverão?
CONTINUE LENDO ►

Governador corajoso: vai pro São João de Campina Grande


Ricardo Coutinho é, ao mesmo tempo, corajoso e inteligente. Depois de tanta polêmica em relação ao apoio financeiro ao São João de CG, motivo, inclusive de pronunciamentos inflamados do prefeito Veneziano e de uma repercução grande na imprensa, o Secretário de comunicação Nonato Bandeira afirma que Ricardo Coutinho comparecerá ao maior São João do Mundo. "Cabra Macho"! Perguntado se ele iria mesmo sem convite do prefeito, o Secretário dispara:

“Eu tenho até medo deles colocarem uma porteira para a gente não entrar lá”.

E completa:
a maior liderança de Campina Grande é Cássio Cunha Lima, todo mundo sabe disso!

Bandeira deixa entender que o governador acompanhará Cássio Cunha Lima em seu camarote no evento. Ricardo é corajoso o suficiente para ir ao Sao João e muito inteligente por se amparar em Cássio Cunha Lima e evitar qualquer constrangimento na rainha da borborema.
CONTINUE LENDO ►

Homem de preto aterroriza população de Piancó

Populares estão assustados com a suposta assombração que vem tirando o sono de muita gente.

Um caso curioso ocorreu em Piancó no último dia 15 a na saída para Patos próximo a entrada do Sitio Santa Cruz.
O Senhor Severino Salviano, de 62 anos, fazendo caminhada matinal às 4 horas da manhã, avistou bem à sua frente um homem vestido de preto cruzou a frente.

Seu Severino tem a prática costumeira de caminhar todos os
"Esse homem não falou nada nem parava de caminhar pela estrada e quando eu olhei para trás para saber se vinha mais alguém, vi apenas algumas mulheres que também estavam fazendo caminhada e ao me virar pra frente de imediato o homem vestido de preto desapareceu", diz ele.
O mesmo ficou um pouco assustado com o desaparecimento do homem de preto e para confirmar se aquilo era ilusão olhou por todos os lados pois era um campo muito aberto não havendo possibilidade de alguém em fração de segundos se esconder.

Seu Severino disse ter continuado sua caminhada, mas com receio e ao chegar em casa contou à sua mulher tudo aquilo que havia visto.
Em Piancó está sempre acontecendo coisas misteriosas, diz Seu Severino, que mora na Rua Nova, na entrada da cidade.

Moradores dos bairros periféricos comentam e estão assustados com este homem de preto que aparece e desaparece misteriosamente e já denunciaram “a marmota” à polícia, no sentido de se fazer rondas na madrugada à procura da tal assombração. Nada foi constatado
CONTINUE LENDO ►

sábado, 21 de maio de 2011

Nem oposição aumentou e nem situação diminuiu eleitorado permanece engessado

Nem a oposição cresceu e nem a situação diminuiu e, o contrário também é verdade, nem a oposição diminuiu e nem a situação cresceu: eleitorado de situação e oposição em Santa Luzia permanece engessado sem alterações significativas. Esta é a minha tese sobre a trajetória dos partidos e blocos políticos da nossa querida cidade.

Historicamente, vemos que tanto a população quanto os candidatos se decepcionaram com dados estatísticos e caem em completa euforia num momento para desiludir-se em outro. Recordo-me, muito bem, na eleição de 2008 quando se dizia que Ademir Morais teria 2.000 votos de maioria em relação ao seu opositor Francisco Seraphico (Chicão). Como erraram as projeções! A situação baixou guarda e foi surpreendida com uma diferença de 539 votos. Antes disso, o saudoso Antônio Ivo concorreu com Dr. Heuder Liberalino (Heudinho) e, seus aliados, tinham vitória quase que pelo dobro dos votos. Outro erro, oposição mostrou força e o seu desempenho foi melhor do que se dizia.

Mas, vamos relembrar os números das últimas eleições. Os dados são do próprio TSE e cada cidadão pode acessar em www.tse.jus.br:

ELEIÇÃO DE 1996


Perceba que o cenário trouxe a particularidade de haver três candidatos. O resultado foi apertadíssimo e, se tivesse havido coligação seria possível reverter o cenário em favor da oposição. Contudo, o contexto da época não permitia uma aliança com o PMDB por questões programáticas que orientavamo PT. Mas, o fato é que o principal candidato da oposição, Chicão, teve (dos votos válidos) 3.815 enquanto Dra. Rosa teve 189 e Umberto logrou 4.005 votos. Em termos percentuais foi o seguinte:




ELEIÇÃO 2000

A oposição, nesse novo contexto, está toda unida em torno de candidatura única representada por Dr. Antônio Ivo e a situação coloca o seu principal nome do momento Itó Morais. Em números absolutos:


Em termos absolutos, tivemos uma diferença entre ITÓ e ANTONIO IVO de 594 votos. Apertadíssima? Os dois nomes mais carismáticos da política santaluziense haveriam feito uma grande eleição. Diríamos que a oposição teria crescido em 2000? Não. Houve apenas um remanejamento de votos e a manutenção do velho índice. Veja o gráfico:




Tivemos eleições em 2002 em decorrência da morte do prefeito ITO Morais. Naquele ano Ademir Morais concorreu com Bivar Duda. Dada a excepcionalidade do fato, desconsideraremos na análise. Basta afirmar que a morte do Itó provocou uma modificação no arranjo político local de modo que, Antônio Ivo de Medeiros, deixa o PMDB e a condição de oposição para candidatar-se à prefeito com apoio do grupo Morais. Neste sentido, diríamos que ele passa à situação. O grupo hegemônico ganha mais um jogador forte, o carismático e querido "Biscoitão". A oposição foi aniquilada? Não. Apenas uma nova acomodação do arranjo político de modo que a oposição apresenta seu candidato, Dr. Heudinho. E assim tivemos como resultado:


Em termos da votação nominal tivemos uma maioria de 1.141 votos. Isso assusta!Seria o fim da oposição se, em termos globais e de acordo com os percentuais, essa diferença não significasse nada além de:




A última eleição, como dissemos, estava pautada por um clima de já ganhou por parte da situação. Por um lado, pelos 1.141 votos que Ivo teve de maioria e, em parte, porque a oposição demorou muito a oficializar a canditura. Porém, o resultado foi assustador para situação:


Em números absolutos, a maioria de Ademir Morais foi de 539 votos. Apertado? Veja os percentuais:



52 a 47% dos votos válidos. A eleição reproduz o índice histórico.

O que queremos com a apresentação desses números? Pretendemos desmistificar determinadas idéias como a de que a oposição está encolhendo e de que a situação tem a sua hegemonia inabalável. Não é isso que os dados dizem. O que eles dizem é que tanto os eleitores da oposição estão concentrados e inalterados como os da situação. O cenário é estacionário, como tudo em Santa Luzia, aliás. Apresento esses dados em um momento em que, para os membros da situação, o clima é o de vitória fácil de Ademir Morais ano que vem. Essa é uma antecipação perigosa.

QUAL SERÁ O DIFERENCIAL ANO QUE VEM?

O que será e o que sempre foi o diferencial, em primeiro lugar, é o comparecimento dos eleitores à votação. Não trouxemos os dados da abstenção, mas históricamente ela é alta. O candidato que for capaz de levar esse povo Às urnas será capaz de aumentar em, pelo menos, 5% a sua votação. Para oposição isso é a chance de vitória, se considerarmos que as maiorias giram em torno de 3% nos anos mais confortáveis para situação e 2% nos mais apertados.

Além disso, a juventude é um importante fator de mudança. Não me refiro somente ao voto dos jovens, mas à militância dos jovens capaz de conquistar mais pessoas e de provocar a migração da situação para oposição ou o contrário. Qual dos dois nomes mais fortes tem a simpatia da juventude: Ademir ou Chicão? Está claro que os dois nomes mais cotados para concorrer ano que vem terão de rever suas estratégias para conseguir melhorar o seu desempenho.

Quem quiser ser prefeito ano que vem deve se preocupar com os 14% de abstenções ocorridas na última eleição. Em 2008 eram 11.321 aptos a votar e compareceram 9.767 sendo faltosos 1.554. É nesses eleitores que está a chance de reverter o cenário político com a vitória da oposição ou de manter o status quo. Quem terá força para isto? Acho que, na hora das convenções, essa é a questão que deverá ser posta. A situação é a que menos tem chance disso, porque é estacionária, acomodada e convencida de que ganhará fácil. Mas a oposição, que poderia lucrar mais, caminha entre uma linha perigosa entre ser inovadora ou cair no ostracismo e perder força.
CONTINUE LENDO ►

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Chagas de São Mamede é acusado pelo MPF de improbidade administrativa

Dr. Chagas é acusado de Improbidade Administrativa

No último 12 de maio, o Juiz TÉRCIUS GONDIM MAIA, formalizou acusação ao atual prefeito de São Mamede, Dr. Chagas, o ex-prefeito Pedro Barbosa e mais alguns servidores de terem participado da "Máfia das Ambulâncias".

Segundo o MPF essas pessoas causaram danos ao erário e cometeram Improbidade Administrativa.

Se condenadas, elas podem receber as seguintes penas:


* Perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio;
* Ressarcimento integral do dano;
* Perda da função pública;
* Suspensão dos direitos políticos;
* Pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial;
* Proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário;


As penas podem ser aplicadas isoladas ou cumulativamente.

No mais

Comentam nas ruas de São Mamede que o atual prefeito do município anda dizendo por aí que não será mais candidato à reeleição, em 2012.

Será porque Sua Excelência sendo sabedor do que tem contra ele na Justiça Federal já está consciente de que não poderá mais ser candidato a prefeito, barrado pela Ficha Limpa?!

Se condenado, Dr. Chagas estará INELEGÍVEL!!!

Em 2010, seu correligionário Pedro Barbosa foi condenado por improbidade administrativa...

Direto do Blog do Robson Medeiros (http://saomamedenet.blogspot.com/)
CONTINUE LENDO ►