segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Festa de São Sebastião tem início na próxima quarta feira

Terá início na próxima quarta feira, dia 11 de janeiro de 2012, a tradicional festa do co=padroeiro da Paróquia de Santa Luzia, o venerado São Sebastião. A primeira novena ocorre às 19h00 com hasteamento da baneira seguido da celebração na capela que se situa no bairro que recebe o nome de seu padroeiro. O novenário segue na capela do São Sebastião até o dia 16 e, no dia 17 de janeiro ocorre a tradicional procissão da "descida do santo" para Matriz onde serão realizadas as três últimas novenas.

A missa solene será no dia 20 de janeiro às 16h00 com procissão ocorrendo após a missa. Quando à parte social da festa, nosso blog ainda não recebeu confirmação da programação, mas tão logo seja informado repassará as informações à toda comunidade.

Em 2012 serão 76 anos de tradição
A Capela de S. Sebastião foi construída pelo padre José Borges de Carvalho, com a ajuda dos devotos de S. Sebastião, sendo encarregado da construção, o mestre Severino Cunha. O monumento foi iniciado no dia 1º de outubro de 1935, levou dezoito semanas na construção, terminando no dia 18 de janeiro de 1936. Custou doze contos trezentos e noventa e dois mil e quatrocentos reais , como consta do livro componente. Vale ressaltar que antes desta Capela, havia um cruzeiro plantado pelo Sr. Juvino Machado para a comemoração da passagem do século, vindo depois o Pe. Belizário Dantas iniciar a edificação de uma capelinha neste dito monte.

A benção de inauguração ocorreu no dia 19 de janeiro de 1936, pelas 6:30 da tarde por D. João da Matta de Andrade e Amaral, Bispo da Diocese de Cajazeiras. A imagem de S. Sebastião foi doada pelo Major Euclides Brito da Nóbrega (custou seiscentos mil reais). A de Santa Joana Darc, por Naninha Medeiros, a de Santa Terezinha por Dondonzinha Nóbrega, e a de N. Senhora do Montserrat, por João Medeiros. Desde sua inauguração que a zeladora da capela ficou sendo Laurencita Silva(Lota), só deixando de zelar, quando foi embora, após a morte de sua mãe, Josefa Felizardo.

Com imagens e colaboração de Paulo Rock

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua contribuição! Em breve postaremos o seu comentário.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.