sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Bela música para refletir não sei o quê

Do latim Populus  = povo, plebe...

Populus, meu cão...
O escravo, indiferente, que trabalha
e, por presente, tem migalhas sobre o chão.
Populus, meu cão.

Primeiro, foi seu pai,
segundo, seu irmão;
terceiro, agora, é ele... agora é ele,
de geração, em geração, em geração.

No congresso do medo internacional
ouvi o segredo do enredo final
sobre Populus, meu cão:
documento oficial, em
testamento especial,
sobre a morte, sem razão
de Populus, meu cão.

Populus, Populus, Populus, meu chão.
Delírios sanguíneos
espumas nos teus lábios...
Tudo em vão.

Tenho medo de Populus, meu cão,
roto no esgoto do porão.
Seu olhar de quase gente,
as fileiras dos seus dentes...
Trago o rosto marcado
e eles me conhecerão, me conhecerão.

Populus, Populus, Populus, meu cão

LETRA: BELCHIOR

3 comentários:

  1. Refleti e cheguei a uma conclusão: vc sente saudade da ditadura, tempo que não conheceu!Nasceu atrasado. Democracia é coisa monótona: governantes ESCOLHIDOS pelo POVO. voto eletrônico...talvez a música explique a sua obsessão de fantasiar coisas contra as quais "resistir". Cuidado menino! os tempos são outros...São queridos quem trabalha pelo seu povo.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário! Fico satisfeito em saber que perdes um pouco do teu tempo para ler o meu blog. Tenho que discordar parcialmente do teu comentário. Primeiro porque não poderia eu ter "obsessão" por um regime que, sequer, permitiria que este blog existisse; segundo porque eu não conheci a ditadura pela via da experiência, da vivência tendo em vista que nasci em 1985, mas, o meu jovem intelecto me permite reconhecer pela via da leitura, dos relatos e das conversas com quem viveu a época que esta foi uma experiência traumática para o Brasil. Concordo quanto ao fato de que os tempos são outros: democracia, os governates eleitos são AQUELES QUE RECEBEM A MAIOR QUANTIDADE DE VOTOS. Tudo isto, sob o meu ponto de vista,é muito positivo porque nos permite, ao menos, refletir os rumos que toma o processo político e colocar sob a mesa de detabe, como estamos fazendo aqui, as diferentes visões sobre tal processo. Ademais, fica o convite para continuar lendo o blog e interagindo conosco pelos canais que oferemos aqui.

    ResponderExcluir
  3. Leio todos os blogs da cidade e,às vezes acho que vc não mora aqui. Parece ser um blog do PT, onde reina tbm o silêncio sobre as notícias de corrupção do partido ao qual pertences. Tantas coisas boas acontecendo, tantas conquistas, aniversário da cidade e nenhuma lembrança. Aí aparece com uma música de Belchior censurada pela ditadura, é demais... É triste constatar que um jovem tão inteligente abdicou da acurácia de pensamento para defender cegamente uma facção política.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua contribuição! Em breve postaremos o seu comentário.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.